O Caminho do Divino inspira a todos os participantes, em sua segunda edição

No domingo, 17 de maio de 2015, foi realizado o segundo Caminho do Divino Espírito Santo, em Cambuquira, Minas Gerais.

A peregrinação de aproximadamente 5 km, visa conduzir os participantes a uma interiorização profunda, e a reconciliação com sua essência. Durante o percurso, são realizadas várias paradas para os momentos de reflexão, com leituras de trechos dos livros de Norberto Keppe, emolduradas com a belíssima paisagem e o ar puro e restaurados da Serra do Sul de Minas.

Os monitores, formados na Ciência Trilógica, guiaram os participantes, que partiram do Grande Hotel Trilogia em direção ao terreno onde está sendo construída a Aldeia do Divino, parte integrante do Projeto Cambuquira, e da Associação STOP a Destruição do Mundo, que, através dos seus projetos sociais, levou para a cidade de Cambuquira os ideais de uma sociedade boa, bela e verdadeira.

Assim como a Festa do Divino, que este ano se realizará em 28 de junho, o Caminho do Divino, celebra os ideais de liberdade, justiça, paz e abundância de bens para todos. Um mundo onde não haverá mais pobres, nem prisões, e o ser humano, livre de condicionamentos materialistas do apenas Ter, poderá, finalmente, Ser e Ter em plenitude, em harmonia com o cosmos e com o Ser Divino.

 

Aluna do Curso de Pós Graduação em Teologia e Nova Física

O contato com a natureza nos resgata… a pureza e a beleza nos resgatando para os Universais! Foi muito boa a energia: comecei a semana diferente.

Aluno do Curso de Pós Graduação em Teologia e Nova Física no Instituto Keppe Pacheco

A Caminhada do Divino foi uma surpresa muito boa para mim. Uma excelente oportunidade de criar amizades. Meus diálogos com as pessoas da Trilogia eram muito curtos, ali no começo, intervalos e final dos encontros na SITA. Em Cambuquira, aproveitei todas as oportunidades: na viagem, no GHT, e particularmente, na Caminhada tive a oportunidade de conversar mais longamente com as pessoas e notei que as conversas, geralmente, eram trilógicas. Que interessante!

 

Como foi a primeira vez que participei de um movimento em Cambuquira, fiquei muito surpreso com tudo. Outra coisa bem profunda foi refletir sobre o livro A Glorificação, que serviu como suporte trilógico para a caminhada. Já no Hotel houve uma reflexão a partir de textos do livro, bem como encontros com leitura e falas compartilhadas sobre o mesmo durante a Caminhada. Isso nos colocava em completa comunhão com a criação de Deus, a natureza. A Caminhada foi um acontecimento para guardar como lembrança do lado esquerdo do peito.

 

Aluna do Curso de Pós Graduação em Teologia e Nova Física no Instituto Keppe Pacheco

A experiência desta caminhada trouxe muita paz e consciência sobre nosso verdadeiro propósito como seres humanos. Com a contemplação da paisagem e as leituras dos trechos do Livro “A Glorificação ” do Dr. Keppe pude interiorizar sobre a importância de aceitarmos o bem que já nos foi dado e perceber como a natureza está em harmonia, porém sofre o reflexo da ação do homem que por inveja destrói essa beleza. Portanto, compreendi que temos que aceitar o bom, belo e verdadeiro que nos é concedido pelo Ser Divino e que precisamos entrar em contato com nosso trabalho interior para realizarmos nosso propósito, ajudar o próximo e parar a destruição do planeta.

 

Aluna do Curso de Pós Graduação em Teologia e Nova Física no Instituto Keppe Pacheco

Foi muito bom ter participado da Caminhada. Achei as pessoas muito receptivas, todas procurando conhecer um pouco mais do modo de vida do outro e também dos trabalhos desenvolvidos no local. Penso que esses eventos devem ser feitos mais vezes para essa troca de conhecimentos, de sentimentos bons, de alegria através das brincadeiras e para podermos confirmar que a proposta trilógica é algo muito valioso para nossas vidas. Muito obrigada a todos que estão à frente desse megaprojeto de amor a vida. Obrigada, Dr Keppe!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*