O desconhecimento da psicossociopatologia destrói o planeta – STOP 77

psicanalise-da-sociedade-keppe-566x524
sociopatologia-livro-566x524

A sociedade é dirigida pela vida psíquica dos seres humanos, principalmente pela mente doentia de certos indivíduos, postados no poder econômico social. É muito preocupante o fato do ser humano não prestar atenção na condição de saúde mental dos seres humanos que dirigem o planeta.

Estudos realizados pela Universidade British Columbia do Canadá chegaram à conclusão que psicopatas na conduta são os ideais para conduzirem o poder econômico-social. Daí decorre a decadência do planeta em todos os sentidos, como explica Keppe nos livros Sociopatologia – Estudo da Patologia Social, Libertação dos Povos – A Patologia do Poder, Trabalho e Capital, A Decadência do Povo Americano e dos EUA e Psicanálise da Sociedade.

Se o ser humano não prestar atenção na psicossociopatologia, os problemas não serão resolvidos. Há necessidade de se trabalhar pelos valores universais na sociedade, sobretudo o campo da verdadeira arte, que fornece o fundamento estético, de equilíbrio, à sociedade.

 

psicanalise-da-sociedade-01-274x293Psicanálise da Sociedade

Trata-se do estudo da patologia social, mas usando as descobertas de Sigmund Freud e Melanie Klein. Os leitores, que já conhecem o trabalho trilógico, poderão observar que, naquele tempo (1975), Keppe tinha basicamente os mesmos conhecimentos de agora e idêntico anseio de resolver os problemas sociais (teomania, egocentrismo, narcisismo, sadismo, com predomínio do desejo de poder (errôneo), que elabora toda espécie de atritos e desavenças sociais).

 

sociopatologia-01-274x293Sociopatologia

Este livro constitui um verdadeiro hino à beleza e às artes na civilização. O autor analisa o processo doentio da organização social mostrando suas origens e conseqüências, bem como uma forma de socioterapia (tratamento da patologia social). Mostra que a ética, a estética e as artes são a base da civilização e da ciência e não a matemática, colocada erroneamente como base da vida científica e social.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*