A Consciência Mais Importante Está na Percepção dos Demônios

 

A consciência mais importante aqui na face da Terra, é justamente sobre a presença dos demônios na vida quotidiana de todos os seres humanos – e como estamos vendo, é esse tipo de percepção que qualquer pessoa evita ter.

E por que motivo?

Porque vê esses espíritos como companheiros de vida, e se notasse como são, perderia essas companhias, que a seu modo de ver são muito úteis.

–A ideia geral é que o demônio faz parte da própria existência – disse o cliente em sua sessão de análise.
–Por que pensa assim?
–Sempre aprendi que temos de conviver com o bem e o mal.
–Mas se o mal é a privação ao bem, impede a existência da verdadeira vida!
–Nunca imaginei assim!

A humanidade tem de conscientizar que o demônio impede no que pode nossa existência, pois ele é sempre a negação, omissão e deturpação a que realmente somos.

–Fiquei assustado com a aparência do B.P. Ele tinha uma sombra ao lado e mostrava olheiras profundas.
–A que associa a aparência dele?
–À do próprio demônio.

Em geral, o ser humano tem uma certa noção da existência dessas criaturas horrorosas que habitam nosso planeta, transformando- o em seu reino infernal. Porem, só conseguem tal feito por causa da extrema ingenuidade do homem, que não tem consciência da ferocidade e inveja delas, porque podemos ainda escapar desse destino infernal, enquanto que elas não podem mais. Em geral, o povo tem noção de que o ser humano está rodeado por espíritos. A sra. S.M. relatou o seguinte:

–Tenho várias crianças que tomo conta, e a maioria diz que vê demoninhos rodeando, instigando-as ao mal e fazendo a maior algazarra.
– O que acha disso?
– Fico tão espantada, que até começo a acreditar que existem mesmo!

Quando o adulto tem essas visões, a tendência da medicina moderna é a de medicá-las, como se fosse sinal de psicose – e não que é uma sorte poder percebê-las, para evitar o pior – ou melhor, só o indivíduo muito enfermo mental é que não nota como é manipulado por esses seres espirituais malignos.

A existência dos chamados demônios não é bem como as religiões os têm visto, pois não são propriamente criaturas abomináveis por Deus – mas são seres que não aceitam o bem, a verdade e a estética, por causa da enorme inveja que possuem, juntamente com a soberba – o que nos esclarece que são os seres humanos muito doentes que não aceitam o bem, transformando nosso paraíso terrestre em um ambiente infernal.

Norberto Keppe, extrato do livro O Universo dos Espíritos, p. 27

Norberto Keppe é psicanalista, filósofo e pesquisador independente da física, fundador e presidente da SITA – Sociedade Internacional de Trilogia Analítica (Psicanálise Integral), com 40 livros publicados.

Os livros podem ser adquiridos através do site: livrariaproton.com.br ou pelo telefone: 11 3032 3616

O Controle do Estresse pelo Ensino-Terapia

MILLENNIUM LÍNGUAS (TRILOGY INSTITUTE)

É possível reduzir o estresse através do estudo de um idioma? A Escola de Línguas Millennium conseguiu demonstrar que sim. Nela, os alunos, além de aprenderem a ler, falar e escrever em diversos idiomas, realizam uma terapia, através do Método Psicolinguístico, criado por Norberto Keppe, que inclui várias formas de atividade.

Uma delas é o estudo e reflexão sobre vídeos e textos terapêuticos, que tratam em inglês, francês, italiano, português, alemão, sueco, espanhol, de questões fundamentais da vida humana. Por exemplo: por que ficamos tensos com frequência, ou estressados em situações difíceis, por que temos pânico às vésperas de provas, ou quando temos de falar em público, ou escrever; de onde vêm nossos bloqueios à aprendizagem; por que somos agressivos (ou nos deixamos agredir), por que ficamos doentes com certa regularidade, como lidar com pessoas difíceis etc.

Estes textos ajudam muito o aluno a vencer essas dificuldades, enquanto aprende línguas, trazendo, como consequência, um desenvolvimento melhor no trabalho, na vida familiar, nos relacionamentos, no aspecto econômico e nos estudos.

Outra forma de terapia é a formação de uma mentalidade universal, através do estudo interdisciplinar de assuntos como física, medicina psicossomática, psicanálise, filosofia, teologia, biologia, literatura, educação, economia, atualidades, mostrando sua relação com nossa vida psicológica e orgânica, o que ajuda o estudante em todos os setores de sua vida.

As artes constituem um componente fundamental nesse processo, pois “amar e criar a beleza são as condições elementares da felicidade”, como já escreveu Walter Gropius. Como diz Norberto Keppe, “a arte é sem dúvida o elemento mais próximo da natureza – ou de sua deturpação, omissão ou negação, quando for negada em sua essência; posso dizer que ela é a bondade e a verdade colocadas em ação.”

Através dos grandes gênios do cinema, da música, poesia e romance, do estudo de quadros e esculturas dos grandes mestres, com base numa análise trilógica, é possível tirar grandes lições de vida e crescer cada vez mais como ser humano.

Artigo publicado no Jornal STOP edição 91

Artigos do Jornal STOP 91:

A Consciência Mais Importante Está na Percepção dos Demônios

Conserve seus dentes naturais – e vivos (com as polpas sadias ), de preferência.

A Cura das Doenças Através da Farmácia Interior

O Controle do Estresse pelo Ensino-Terapia

A Cura das Doenças Através da Farmácia Interior

As nossas pesquisas, assim como as da psiconeuroimunologia (uma das mais recentes matérias do estudo médico) provam que todos os nossos pensamentos, atitudes e sentimentos têm ligação direta com o nosso sistema nervoso central e encadeiam-se ao nosso sistema hormonal e imunológico.

Tudo que pensamos no sentido de agredir a vida, nossa e a dos outros, terá imediatamente uma resposta orgânica igualmente destrutiva. De outro lado, toda a atitude voltada para a preservação da vida (amor, beleza, bondade) produzirá estímulos que levarão a respostas orgânicas favoráveis, à saúde e ao restabelecimento.

Doenças psicossomáticas

Doença psicossomática de psique (alma) e soma (corpo) é todo padecimento orgânico de origem psíquica. A Psicossomática Integral, com a qual trabalhamos, é, na realidade, uma extensão da verdadeira medicina e psicanálise tradicionais, fazendo concretizar a premissa hipocrática, que visa tratar o doente, não a doença.

As pesquisas nesta área foram iniciadas cerca de quatro décadas atrás no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo pelo dr. Norberto Keppe, após ter retornado de sua formação psicanalítica em Viena, Áustria.

No HC ele fundou, na Clínica do Prof. Edmundo Vasconcelos, o Setor de Medicina Psicossomática, onde passou a atender em psicoterapia os doentes de várias clínicas do hospital, como os portadores de moléstias do aparelho digestivo, circulatório, respiratório, ginecológico, hematológico, obtendo a remissão das mais variadas moléstias apenas com o atendimento psicoterapêutico. Os resultados desse trabalho foram reunidos em seu livro A Medicina da Alma, que é um compêndio de psicossomática integral, e um manual para os iniciantes nesse setor.

A Farmácia Interior

Pudemos constatar em todos os casos que o ser humano de fato possui o que nós chamamos de “Farmácia Interna” , ou seja, todas as substâncias químicas necessárias e perfeitas para sua recuperação. Aliás, todos os remédios são fabricados numa tentativa de imitar algumas das substâncias naturais, no sentido de suprir a ausência de umas ou agir como inibidoras de outras. É óbvio, porém, que por melhor que se imite uma substância natural, fabricada pelo organismo, jamais conseguiremos obter a solução ideal. Ao contrário, todo e qualquer medicamento produzirá efeitos colaterais, mais ou menos prejudiciais.

A verdadeira medicina

A meu ver, não existe outra medicina que não a psicossomática. Praticamente nada acontece em nosso corpo, sem que anteriormente tenha sido emitida uma ordem de nosso cérebro para que tal fato se desencadeie.

Nosso organismo é como uma orquestra que deveria funcionar de maneira incrivelmente harmônica, caso nossas emoções e atitudes estivessem de acordo com a nossa realidade, isto é, fossem atitudes de preservação e construção da vida.

Extrato do livro A Cura pela Consciência – Teomania e Estresse de autoria de Cláudia B. S. Pacheco.

Cláudia B. S. Pacheco,
Psicanalista, cientista social e escritora, vice-presidente da SITA, presidente e fundadora da Associação STOP a Destruição do Mundo

Conserve seus dentes naturais

… e vivos (com as polpas sadias ), de preferência.

Quando um dente necessita de tratamento de canal?

Se a polpa dentária é atingida por uma cárie ou se o dente sofre de um trauma físico, como o bruxismo, ela se defende com uma inflamação (pulpite) que, inicialmente, é reversível (pode desinflamar). Com uma pulpite aguda, o paciente sente muita dor, mas se essa inflamação for reversível, é possível manter a polpa íntegra ( sem tratamento de canal). Para tanto, o dentista precisa fazer um curativo, que atua como um medicamento. Após essa consulta de emergência, se esse dente não causar mais nenhuma dor durante uns 40 dias, ele pode ser restaurado, evitando-se um tratamento de canal. Portanto, o ideal é procurar um dentista assim que se sentir dor de dente, porque essa inflamação da polpa tende a se agravar, tornando- se irreversível. Nesse caso, o tratamento de canal é necessário.

Consciência é Saúde

Para que esse tratamento conservador da polpa tenha sucesso, é fundamental que o paciente se acalme diante da visão dos seus erros e dificuldades. Somente com a conscientização das emoções negativas (raiva, medo, inveja etc) é que se consegue a recuperação da saúde. Tanto as cáries dentárias como as pulpites, e até o bruxismo são decorrentes do estresse emocional descontrolado. … e vivos (com as polpas sadias ), de preferência.

Márcia Sgrinhelli – CRO-SP 25.337
Heloísa Coelho – CRO-SP 27.357

(Av. Rebouças, 3887, atrás Shop. Eldorado) Tel: (11) 3814-2159 | (11) 3814-0130

www.odontotrilogica.odo.br