A ação pura é a base de todo o ser humano

A ação pura é o fundamento de toda a realidade, que se manifesta através do ato de amor e de verdade; por esse motivo, só o indivíduo capaz de tal gesto realizará todas as maravilhas que têm encantado a humanidade durante séculos.

Estou mostrando, neste capítulo, que o bem advém ao ser humano através do que denominei ação pura, o que significa uma conduta boa, seja no trabalho, no pensamento ou na intenção — aliás estes dois últimos só podem existir em consequência do ato bom.

Posso também afirmar que a transcendência se manifesta no planeta por esse comportamento, porque o homem é o único ser transcendental — o que indica um relacionamento direto com a divindade — e, no ato ruim, com os demônios, evidentemente.

A ação pura consiste na atitude de evitar a existência de qualquer malefício no que se faz, pensa e sente; portanto, se torna mais uma questão de hábito, com a finalidade de retornar à natureza original. Tal acontecimento poderá ser elucidado até mesmo no campo da física, pelo fato de o ser humano emitir constantemente ondas que influem nos outros, nos animais, plantas e em toda a natureza; são sobejamente conhecidos os fenômenos da telepatia, precognição e psicocinesia (transmissão de pensamentos, previsão do futuro e ação na matéria).

Para que a própria mente funcione, o ser humano tem de desenvolver uma ação pura, inclusive para evitar a elaboração de toxinas perigosas para seu cérebro.

Não é possível haver pensamento e afeto senão no que for real, e o que não é bom, verdadeiro e belo constitui a deturpação da realidade – que atinge pesadamente a pessoa que a elabora, destruindo seus neurônios, nervos, músculos e ossos, além de deformar a vida social.

O ser humano de início era ação pura, tendo a possibilidade de entender tudo e desenvolver uma civilização fantástica – que permaneceu assim em outros planetas; através da corrupção foi caindo para um estado de potência, parando cada vez mais em seu ato de ser.

Estou mostrando que, exatamente ao contrário do que falava Charles Darwin, viemos das estrelas mais belas que brilham no céu e tornamo-nos, com o tempo, semelhantes aos animais; por esse motivo, alguns antropologistas afirmam que a humanidade passou consecutivamente por uma Idade do Ouro, depois da Prata, em seguida do Bronze e agora do Ferro. Porém, temos a possibilidade de corrigir rapidamente tal problema, se nos entregarmos à ação boa.

A cliente S.R. afirmou não gostar de ouvir no grupo de psicoterapia que não pretendia mudar.

– Mas sua reação negativa não aconteceu porque a senhora não pretende melhorar a vida? Tenho a impressão de que a senhora já jogou fora grande parte de sua existência, não querendo realizar nada de bom.

Estou esclarecendo que a fonte da vida está no ato puro e, quando o indivíduo o abandona, destrói-se pela base: adoece, empobrece, perde o brilho intelectual e a simpatia. Posso mesmo afirmar que, a partir do momento em que a pessoa desiste de agir no bem, começa a morrer.

Falando sobre a transcendência, podemos ver que, através da ação pura, estabelecemos imediatamente contacto com a divindade – enquanto, pela inação, com os demônios: como a palavra diz muito bem, constitui uma atitude contra a ação, na deturpação, uma maneira de estragar a ação; e, na negação, uma conduta de negar a ação. Notem que o vocábulo ação forma o ponto central de toda a etimologia; se na linguística é a palavra chave.

Norberto R. Keppe*,
Extrato do livro Metafísica Trilógica
A libertação do Ser, pag. 141-2ª Edição

*Norberto Keppe é psicanalista, filósofo e pesquisador independente da física, fundador e presidente da SITA – Sociedade Internacional de Trilogia Analítica (Psicanálise Integral), com 40 livros publicados.

 

Sugestão de Leitura


 

 

metafisica-trilogica-um-01Metafísica Trilógica –
A libertação do Ser

Aplicação da Ciência Trilógica na Medicina Psicossomática, este livro mostra que a verdadeira causa do estresse e das doenças psicológicas e orgânicas está no desconhecimento, tanto das atitudes e emoções patológicas do indivíduo, como da doença da sociedade.

Relata casos clínicos e mostra como o leitor pode curar a si mesmo e aos demais pelo método de interiorização (conscientização). Leitura indicada para qualquer pessoa, é de grande utilidade a profissionais da área de saúde e psicoterapia.

[button bgcolor=”#” hoverbg=”#” textcolor=”#” texthcolor=”#” bordercolor=”#” hoverborder=”#” link=”http://www.livrariaproton.com.br/produto/metafisica-trilogica-i-a-libertacao-do-ser/” radius=”0″ outer_border_color=”#” icon_color=”#”]Quero ver o livro[/button]

 

Vida Saudável Através das Artes

Manter um estilo de vida saudável é de enorme importância em qualquer etapa de nossa vida.

Pesquisas efetuadas pela Universidade da Califórnia, Berkeley, indicaram que as atividades cognitivas, tais como as ligadas às artes (música, pintura, artesanato etc.), bem como aos estudos (leitura, escrita, aprendizado de novos idiomas etc.) são a melhor maneira de exercitar o cérebro e, consequentemente, preservar a memória.

Estudos realizados pelo professor William Jagust, do Instituto de Neurociência da Universidade da Califórnia, também comprovaram que as pessoas que se mantêm ativas por toda a vida com as atividades acima mencionadas têm menores níveis de proteína beta amiloide, vinculada ao Mal de Alzheimer.

Manter um estilo de vida saudável é de enorme importância em qualquer etapa de nossa vida. E quando se trata da Maturidade, este princípio é ainda mais necessário.

Nesse sentido, as descobertas da Trilogia Analítica, ciência desenvolvida pelo psicanalista Norberto Keppe, que unifica o sentimento, o pensamento e a ação no ser humano, vão ainda mais fundo e demonstram, com eficácia, a importância de nos colocarmos sempre na ação pura (boa, bela e verdadeira), de acordo com nossa essência, a fim de atingirmos uma vida mais sã.

O Instituto Keppe & Pacheco (IKP) oferece vários cursos livres que, aliados ao método terapêutico da Trilogia Analítica, possibilitam o bem-estar psíquico e físico dos alunos, com resultados comprovados e, portanto, ideais para todas as idades.

Maurício Domingues
Professor de Inglês e Português do Instituto Keppe & Pacheco

Instituto Keppe & Pacheco

11 3032 4105

keppepacheco.com

vida-saudavel-atraves-das-artes-jornal-stop

Afinal, de onde vem nossa energia?

Mente sã em corpo são como diziam os gregos e romanos, ou corpo são de uma mente sã?

Cláudia B. S. Pacheco*, Extrato do livro De Olho na Saúde, pag. 33 – 2ª Edição

Será que se eu comer verduras, alimentos naturais, terei mais energia do que se comer carne e uma dieta baseada em proteínas? Será que se eu ingerir um cálice de vinho por dia, terei menos chances de ter um enfarte? E se eu evitar a ingestão de sal, alimentos gordurosos, ovos e álcool, eu me livrarei do risco de pressão alta e de complicações cardiovasculares?

Segredos da Longevidade

A cada dia multiplicam-se nas prateleiras das livrarias e nas revistas populares as receitas mágicas que dizem o que você deve ou não deve comer para ter mais saúde, mais energia, melhor disposição para o trabalho, livrar-se de uma série enorme de doenças. De outro lado, muitos dos casos registrados de maior longevidade, (pessoas que vivem acima de 100 anos), encontram se em regiões do planeta aonde estas regras alimentares ainda não tiveram acesso. Muitos são até camponeses, habituados há séculos à ingestão diária de comidas saturadas de colesterol, de bebidas alcoólicas, e não raro carente de vitaminas. São indivíduos que conservam-se ativos até os últimos momentos de vida, e que, na maioria, jamais precisaram de um médico, muito menos ainda de uma cirurgia. Um bom espírito dá origem a um corpo saudável.

Mente Sã

Mente sã em corpo são como diziam os gregos e romanos, ou corpo são de uma mente sã?

Keppe afirma que todas as doenças têm seu fundo psíquico, bem como toda a recuperação é resultado de um processo ao qual denomina de conscientização.

Energia essencial

Consciência é sinônimo de energia essencial, transcendental e responsável pelo reequilíbrio das vibrações das moléculas de nosso corpo. Um indivíduo que tem um espírito bom, belo e verdadeiro, terá em consequência suas funções mentais funcionando a todo o vapor e seu organismo cheio de saúde.

Maus sentimentos nos envenenam muito mais do que qualquer espécie de alimento que possamos ingerir pela boca e podem reduzir drasticamente nossa energia vital e nosso tempo de vida.

Farmácia Interior

Keppe vai mais longe e declara que a consciência (amor, razão e estética) é a verdadeira medicina para a cura dos males orgânicos, psicológicos ou sociais. Mas que consciência? Toda a consciência: da realidade boa, bela e verdadeira mas principalmente a percepção dos nossos erros, defeitos e problemas.

Só a pessoa que admite que é agressiva, poderá conter-se e neutralizar esse problema. Da mesma maneira, como pode um avarento deixar de sê-lo, se sequer admite a existência do problema? Pessoas dominantes, controladoras, frequentemente veem-se como boazinhas, oprimidas… Arrogantes, sentem-se rejeitadas e humilhadas pelos colegas… As mais invejosas, sentem-se o centro da inveja dos outros..

 *Cláudia B. S. Pacheco é psicanalista, cientista social e escritora, vice-presidente da SITA, presidente e fundadora da Associação STOP a Destruição do Mundo.

Sugestão de Leitura


 

 

De Olho na Saúde – O ABC da Psicossomática Trilógica Cláudia Bernhardt de Souza Pacheco
De Olho na Saúde – O ABC da Psicossomática Trilógica
Cláudia Bernhardt de Souza Pacheco

De Olho na Saúde

A psicanalista Cláudia Bernhardt de Souza Pacheco fez uma coletânea de artigos que escreveu para o Diário Comercial do Rio de Janeiro, na qual, em linguagem simples e com ilustrações do artista plástico Nelson Coletti, trata de assuntos ligados à nossa saúde e qualidade de vida como relacionamentos, trabalho, depressão, problemas de obesidade, de autoajuda e muitos outros temas de nosso interesse.

[button bgcolor=”#” hoverbg=”#” textcolor=”#” texthcolor=”#” bordercolor=”#” hoverborder=”#” link=”http://www.livrariaproton.com.br/produto/de-olho-na-saude-o-abc-da-psicossomatica-trilogica/” radius=”0″ outer_border_color=”#” icon_color=”#”]Saiba mais[/button]

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO (Lato Sensu ou Livre): Gestão de Conflitos Psico-Sócio-Patologia

O curso de Pós Graduação em Gestão de Conflitos, baseado no método de Keppe e Pacheco, trata dos problemas individuais e sociais de forma profunda, analisando as situações a partir da inversão psicossocial (ainda inconsciente), que impede o ser humano de se relacionar de forma equilibrada e construtiva.

Através da percepção dos problemas interiores (psicopatologia), que, projetados, causam a maioria dos conflitos sociais (sociopatologia), o curso fornece instrumentos para que o pós-graduando se especialize em sócio-terapia, atingindo seu nível máximo de saúde, realização e qualidade de vida.

A quem se destina

Gestores de pessoas e grupos, educadores, psicopedagogos, diretores de escolas, profissionais de saúde, aconselhamento pastoral, gerentes de RH, líderes de projetos e gestores empresariais. Ideal para os que buscam o autoconhecimento e a cura de doenças psicossomáticas.

[quote font=”georgia” font_size=”17″ align=”left” bgcolor=”#” color=”#” bcolor=”#” arrow=”no”]“Me ajudou bastante com relação à saúde, acho que mais no sentido de fortalecer a imunidade. A gente vê que é a psique, na verdade, a base da saúde física.” Ricardo Mendes, Administrador de Empresas[/quote]

[quote font=”georgia” font_size=”17″ align=”left” bgcolor=”#” color=”#” bcolor=”#” arrow=”no”]No meu trabalho, este curso serviu bastante na convivência com as partes, com o advogado, na solução amigável dos conflitos; com esse diálogo dentro da perspectiva trilógica eu consegui aprimorar aquilo que já é uma vocação do juiz, na Justiça do Trabalho, que é fazer a conciliação. Dr. Manoel Luiz C. Penido, Juiz Federal do Trabalho [/quote]