Faculdade em Cambuquira cria Polo Tecnológico

Compartilhe! Faça parte da campanha de conscientização:

Por Daniel Lacerda

Transformar a cidade de Cambuquira, no Sul de Minas Gerais, a 300 km de São Paulo, em um polo tecnológico especializado em eficiência energética aplicada à Gestão Ambiental. Este é um dos objetivos da Faculdade Trilógica Keppe & Pacheco (Fatri), sediada no Circuito das Águas mineiro.

O passo inicial desse projeto é capacitar a primeira turma do curso superior de Tecnologia em Gestão Ambiental, recém-criado. E, para isso, a instituição tem trunfos exclusivos. Um deles é a chamada “prática integradora”, para inclusão dos alunos no mercado de trabalho regional.

Segundo o vice-diretor, Eduardo Castelã, os gestores ambientais da Fatri poderão atuar diretamente na comunidade, em iniciativas para tratamento de resíduos sólidos, programas de reciclagem e irrigação agrícola – áreas em que já há parcerias em negociação. E, tudo, a partir do mapeamento das necessidades da população, tendo como norte a eficiência energética – campo de pesquisa no qual a instituição tem amplo know-how.

Isso porque a mantenedora detém a patente da tecnologia Keppe Motor, desenvolvida pelos pesquisadores César Soós, Alexandre Frascari e Roberto Frascari, professores da casa.

Com capacidade de economizar até 90% de energia, o Keppe Motor se baseia na captação de energia escalar, descoberta por Nikola Tesla, e na Nova Física desenvolvida pelo cientista Norberto Keppe. Empregada atualmente na fabricação de ventiladores industriais e comerciais de parede ou coluna, a tecnologia permite a otimização do uso de energia disponível, alavancando o poder produtivo de empresas e da nação

E não é somente com o Keppe Motor e seus criadores que os alunos terão contato. O cientista Boris Petrovic, sobrinho de Nikola Tesla e fundador do Instituto de Tecnologias Sustentáveis Nikola Tesla em Brasília, também dará aulas no curso de Gestão Ambiental.

Gestão de Conflitos e Empreendedorismo – Dois outros trunfos da Fatri para a criação do futuro polo de tecnologia em inovação em sustentabilidade em Cambuquira são, também, dois outros diferenciais da instituição.
Durante os quatro semestres de curso, serão ministradas 160 horas/aula da disciplina de Gestão de Conflitos, cujo objetivo é capacitar o gestor ambiental a atuar na mediação de interesses divergentes nos âmbitos público e privado, social e governamental.

A formação também irá desenvolver o empreendedorismo e preparar o profissional para atuar nas Empresas de Serviços de Conservação de Energia (ESCOs), um dos setores que mais crescem no mundo, a partir de disciplinas específicas, como Química Ambiental, Avaliação de Impacto Ambiental, Recursos Naturais e Manejo Integrado e Direito e Legislação Ambiental.

O curso superior de Tecnologia em Gestão Ambiental da Fatri tem duração de dois anos. As aulas começam em fevereiro, e o ingresso se dá por provas tradicionais, agendadas ou apresentação de nota do Enem.
A faculdade aceita diversas opções de financiamento e bolsas de estudo (FIES, ProUni, Educa Mais Brasil e Quero Bolsa), além de possuir convênios com empresas e prefeituras da região.

 

Sede da Faculdade Trilógica Keppe & Pacheco
Av. N. S. Aparecida, 59 – Centro – Cambuquira – MG

Informações e inscrições:

keppepacheco.edu.br/vestibular-2019
(35) 3251-3800 | 98872-3470

Fonte: Diário do Comércio

inversao-no-trabalho-patologia-das-leis-advocacia-jornal-stop-a-destruicao-do-mundo

Keppe Motor Lança Ventilador Mais Econômico do Mercado

Compartilhe! Faça parte da campanha de conscientização:

Tecnologia internacionalmente premiada, a Keppe Motor acaba de lançar no Brasil um ventilador muito mais refrescante que os demais do mercado e que economiza de 70 a 90% no consumo de energia.

Este ventilador oscilante de parede/coluna, com diâmetro de 60 cm, produzido totalmente no Brasil, é o primeiro TRIVOLT da categoria: funciona em 127/220V e também no painel solar com uso de um simples adaptador; neste caso, acoplado a uma pequena placa fotovoltaica de 70Wp funciona independente da rede elétrica durante o dia e, à noite, passa automaticamente para a rede elétrica, retornando à placa ao amanhecer.

Trata-se de um ventilador de motor frio, trabalhando próximo à temperatura ambiente (enquanto os tradicionais aquecem facilmente, ultrapassando os 70 graus centígrados). Como resultado, o ventilador com a tecnologia Keppe Motor proporciona um vento geladinho e gostoso, que cria um bom ambiente de trabalho e conserva equipamentos sensíveis ao calor, ao contrário das lufadas dos ventiladores similares tradicionais, cuja brisa produzida e aquecida pelo próprio motor dá, após algum tempo, a sensação de ambiente sufocante.

A Tecnologia Keppe Motor conquistou em 2014 o primeiro prêmio de inovação tecnológica e eficiência energética na maior feira mundial de eletrônicos de Hong Kong, na China; a seguir, mais dois prêmios nos EUA e um no Brasil, onde recebeu o diploma do PROCEL 2016/17 de produto de maior eficiência energética do mercado, graças à sua tecnologia patenteada de motores ressonantes, baseada no livro A Nova Física da Metafísica Desinvertida, de autoria do cientista austríaco-brasileiro Norberto Keppe.

Este produto, também usado em residências, é ideal para estabelecimentos comerciais, igrejas, fábricas, escolas, salões de festa, auditórios, entre outros, onde a enorme economia de energia e baixas temperaturas são fundamentais para redução de custos operacionais dessas instalações.

keppemotorshop.com

Cesar Soós,engenheiro KEPPE MOTOR

 

Boletim Informativo Ano I – N°4 | Faculdade Trilógica Keppe & Pacheco

Novo livro de Norberto Keppe: A Nova Física na Prática

Compartilhe! Faça parte da campanha de conscientização:

A Física tradicional vibrou quando Hans Albrecht Bethe (1906-2005) trouxe a ideia «estrelar» de que a fusão nuclear seria a fonte da energia, levando inúmeros seguidores perderem seu tempo, e o dinheiro de muitos países, para construir na Suíça o cíclotron. Seu embargo literário navegou pelas Universidades: Frankfurt, Munique, Cambridge, Tübingen e Cornell, tornando-se o principal peão do século XX.

Depois veio Albert Einstein (1879-1955) que apoiou o biólogo Robert Brown, retomando a suposição de Demócrito, sobre a formação da matéria através dos átomos (que jamais foram vistos), bem como sua fórmula E = mc2, totalmente invertida.

Espero que este opúsculo ajude a desencalhar o despenhadeiro em que a Física se colocou.

Saiba mais em: www.livrariaproton.com.br