Resistência ao Trabalho É a Maior Causa da Hipertensão

Viralize esta boa notícia!

A Hipertensão (pressão alta), caracterizada pelos níveis elevados da pressão sanguínea (acima de 14 por 9), é uma doença crônica e cada vez mais frequente. Chamada de “assassina silenciosa”, é um dos principais fatores de risco de acidente vascular cerebral (AVC) e enfarte. No Brasil, foram registrados 388 óbitos por dia no ano de 2017 devido à pressão alta e suas sequelas. (1)

Cerca de 25% dos Brasileiros Sofrem de Hipertensão, conforme pesquisa com 52.395 moradores das capitais; sendo que os mais afetados são os idosos com mais de 65 anos (1), uma vez que se aposentam e se sentem inúteis. Gøtzsche aconselha que os idosos controlem a pressão arterial sem medicamentos, como muitos fazem, para evitar efeitos colaterais como vertigens e quedas.(2)

A causa da maioria dos casos de hipertensão é psicossocial. “Não é possível separarmos nossos valores e filosofia de vida de nossa saúde emocional e orgânica. Existe uma unidade no ser humano: seus sentimentos, seus pensamentos e suas ações são inseparáveis, e interagem entre si o tempo todo”. (3)

Numa entrevista de Rádio, a psicanalista Cláudia Pacheco, autora de obras sobre Medicina Psicossomática, alerta: “Pelo processo inconsciente de inversão*, o ser humano trabalha com raiva, e isso causa contração muscular e a produção de toxinas, que podem ser letais. Muitos trabalham contrariados porque estão trabalhando para causas nocivas, mas isso precisa ser analisado, conscientizado e dissolvido, senão a pessoa acaba morrendo mais cedo. Se o ser humano precisa trabalhar numa estrutura doentia para sustentar a família, deve fazer análise trilógica para aprender a lidar com esse conflito no interior. É possível regularizar e estabilizar a pressão sem medicação, com psicoterapia. Mas, se o cliente parar de fazer análise ou começar a esconder o que sente, então a pressão volta a subir.” (4)

A Ação (Pura) É a Saúde, e a Inação a Doença “Hoje em dia, o ideal de todos é viajar, ter uma vida de prazeres, sem muito trabalho, uma vida de ócio até… Hipertensão é mais comum nas pessoas que estão descontentes com o trabalho,” diz N. Keppe, no seu Programa de Rádio. (4) O sonho de se aposentar e parar de trabalhar é uma ilusão porque quem faz isso nunca consegue a felicidade que almejava. Veja o diálogo a seguir.

“Cliente: – Quando me aposentei, tinha a ideia que iria ter um vidão, que conseguiria a realização de todos os meus sonhos. Psicanalista: – Mas, explique melhor. Cliente: – Tinha a ideia que iria viver viajando, conhecendo os lugares mais bonitos do mundo, e noto que não encontrei a felicidade com isso. Esse fato mostra que o bem-estar reside no interior de cada pessoa, e toda a maravilha que existe reside mais aí – que a verdadeira felicidade consiste no encontro do bem interno com o externo. Daí, a necessidade de construir uma civilização estética e boa, para se coadunar com nosso aspecto são fundamental”. (5)

Marcia Sgrinhelli e Heloísa Coelho Dentistas e Professoras de Psicossomática das Faculdades Trilógicas

Márcia Sgrinhelli – CRO-SP 25.337

Heloísa Coelho – CRO-SP 27.357 (Av. Rebouças, 3887, atrás Shop. Eldorado)

Tel: (11) 3814-2159 | (11) 3814-0130

www.odontotrilogica.odo.br

teologia-graduacao-presencial-teologia-clinica-especializacao

TEOLOGIA (Graduação Presencial) e TEOLOGIA CLÍNICA (Especialização)

Viralize esta boa notícia!

Estudo das causas, inter-relação e tratamento das doenças psíquicas, orgânicas, sociais e espirituais.

Método da Trilogia Analítica

Os  cursos  de Teologia (Graduação) e Teologia Clínica (Pós-Graduação), da Faculdade Trilógica Keppe & Pacheco, fazem a união da Psicanálise Integral e a Teologia, a fim de munir o aluno de conhecimentos científicos sobre psicoterapia, para ajudá-lo em suas atividades de teólogo. Eles são também chamados Teologia Trilógica – Transdisciplinar, por fazerem a união dos três campos fundamentais do ser humano e da sociedade: Sentimento (Teologia), Pensamento (Filosofia) e Ação (Ciência e Artes).

Os cursos, que se completam, dão ênfase à transdisciplinaridade (união de várias disciplinas, para garantir uma especialização profunda). Assim, os alunos aprenderão, junto com os conhecimentos tradicionais da Teologia, como Antigo e Novo Testamento, Teologia da Trindade, Angeologia e Demonologia, disciplinas da filosofia e da ciência, como:

  • Metafísica e Nova Física
  • Curas Espirituais (Energéticas)
  • Medicina e Odontologia Psicossomáticas
  • Psicoterapia e Exorcismo
  • Gestão de Conflitos
  • Psicopatologia e Pecado
  • Sanidade e Santidade
  • Sociopatologia e o Reino Divino, entre outros.

As artes, consideradas fundamentos da Civilização, têm uma abordagem aprofundada em disciplinas como O Sagrado na Arte, Arte e Espiritualidade, entre outras.
O objetivo geral é desenvolver uma visão da espiritualidade sob a ótica da ciência, preenchendo uma lacuna nesse campo, uma vez que parece persistir em muitas mentes a dicotomia entre fé e razão.

A principal finalidade é, portanto, analisar em profundidade o relacionamento do ser humano com Deus e tentar sanar, na medida do possível, os conflitos nesse relacionamento. De outro lado,  com seu curso transdisciplinar, buscará o resgate da unidade dos cristãos e o diálogo construtivo entre todas as religiões.

 

Dentro da visão trilógica universalista, os cursos de Teologia e Teologia Clínica visam propiciar ao teólogo uma atuação em todos os campos da sociedade, e não somente nas igrejas e instituições afins. Todas as disciplinas foram concebidas para permitir que esse novo profissional possa atuar em segmentos nunca antes contemplados pelos benefícios da espiritualidade.

Após concluir o curso de Graduação em Teologia (3 anos), o estudante pode fazer sua especialização em Teologia Clínica (Lato sensu ou livre –  2 anos).

odontologia-espiritualidade-psicoterapia-exorcismo-jornal-stop-destruicao-do-mundo-n-98-2

Odontologia e Espiritualidade: Conserve os seus Dentes Naturais

Viralize esta boa notícia!

“Não existe doença alguma que não seja física e espiritual ao mesmo tempo”, como mostra Keppe em seu livro Psicoterapia e Exorcismo (2018).

As emoções negativas inconscientizadas alteram o funcionamento do organismo como podemos ver no caso da inveja.

M.N. relatou: – Quando eu era criança, minha professora mostrou uma foto de um sorriso lindo. Depois mostrou uma foto de dentes cariados. Então, pensei claramente que queria ficar com os dentes todos estragados. Mas, eu mesmo me assustei com essa ideia. Hoje, acho que esse pensamento veio de um espirito maligno, que devido à minha inveja, eu segui. Portanto, perdi muitos dentes.

Notamos através desse relato que o ser humano não é vítima dos malignos, mas através da atitude de inveja, se conecta com esses seres espirituais. “Qualquer coisa que se faça no campo físico, repercute no espiritual, e o mesmo sucede deste último, para o material, pois não podemos nos esquecer, que somos uma unidade, constituída de corpo e alma.” (KEPPE, 2018).

Márcia Sgrinhelli – CRO-SP 25.337
Heloísa Coelho – CRO-SP 27.357

(Av. Rebouças, 3887, atrás Shop. Eldorado)
Tel: (11) 3814-2159 | (11) 3814-0130
www.odontotrilogica.odo.br

Conserve seus dentes naturais

Viralize esta boa notícia!

… e vivos (com as polpas sadias ), de preferência.

Quando um dente necessita de tratamento de canal?

Se a polpa dentária é atingida por uma cárie ou se o dente sofre de um trauma físico, como o bruxismo, ela se defende com uma inflamação (pulpite) que, inicialmente, é reversível (pode desinflamar). Com uma pulpite aguda, o paciente sente muita dor, mas se essa inflamação for reversível, é possível manter a polpa íntegra ( sem tratamento de canal). Para tanto, o dentista precisa fazer um curativo, que atua como um medicamento. Após essa consulta de emergência, se esse dente não causar mais nenhuma dor durante uns 40 dias, ele pode ser restaurado, evitando-se um tratamento de canal. Portanto, o ideal é procurar um dentista assim que se sentir dor de dente, porque essa inflamação da polpa tende a se agravar, tornando- se irreversível. Nesse caso, o tratamento de canal é necessário.

Consciência é Saúde

Para que esse tratamento conservador da polpa tenha sucesso, é fundamental que o paciente se acalme diante da visão dos seus erros e dificuldades. Somente com a conscientização das emoções negativas (raiva, medo, inveja etc) é que se consegue a recuperação da saúde. Tanto as cáries dentárias como as pulpites, e até o bruxismo são decorrentes do estresse emocional descontrolado. … e vivos (com as polpas sadias ), de preferência.

Márcia Sgrinhelli – CRO-SP 25.337
Heloísa Coelho – CRO-SP 27.357

(Av. Rebouças, 3887, atrás Shop. Eldorado) Tel: (11) 3814-2159 | (11) 3814-0130

www.odontotrilogica.odo.br

Conserve Seus Dentes Naturais – Odontologia Psicossomática Trilógica

Viralize esta boa notícia!

Márcia Sgrinhelli e Heloísa Coelho,
Cirurgiãs-dentistas com orientação psicossomática.

Muitos não conhecem os benefícios de uma prótese parcial removível (PPR ou ‘’ponte com grampos’’); e também não conhecem as complicações que podem ocorrer com um implante dentário. Para repor alguns dentes perdidos, a melhor opção é a prótese parcial (PPR) porque ela fornece estabilidade, segurança, conforto e estética, além de manter os demais dentes praticamente intactos. Ela é a que mais conserva os dentes naturais. Prótese Parcial ou Implante?

O problema surge quando a prótese não é bem planejada e executada. Foi o que aconteceu com M.S., 50 anos, que usava uma prótese mal adaptada, o que a impossibilitava de falar bem e muito menos mastigar. Outro caso é o do J.S., marido de M.S., que estava com uma prótese meio solta. Insatisfeitos com as próteses que possuíam, tanto M.S. como J.S. pensaram em fazer implantes, mas foram desaconselhados por amigos porque o tratamento com implantes é muito invasivo. Com isso, M.S. e J.S. optaram por novas próteses que ficaram ótimas. A maioria dos clientes se adapta bem às próteses parciais. Somente aqueles que rejeitaram muito os próprios dentes é que vão rejeitar também os dentes artificiais.

www.odontotrilogica.odo.br

odonto-trilogica
Artigo publicado no Jornal STOP edição 91

Artigos do Jornal STOP 91:

Escolhe: Trabalho (Correto) ou Doença (Mental ou Física)

A Linguagem do Nosso Corpo – A Cura pela Consciência

Conserve Seus Dentes Naturais

Aprender Línguas Fazendo Psicoterapia