Para Refletir:
  • "Existem as Forças Inconscientes, Mas Existe a Consciência que é Muito Mais Poderosa." Norberto Keppe

  • "Existem as Forças Inconscientes, Mas Existe a Consciência que é Muito Mais Poderosa." Norberto Keppe

  • "Existem as Forças Inconscientes, Mas Existe a Consciência que é Muito Mais Poderosa." Norberto Keppe

Artista portuguesa Fátima Madruga, revela sua admiração pelos projetos da Trilogia Analítica

Artista portuguesa Fátima Madruga, revela sua admiração pelos projetos da Trilogia Analítica

Foi com imensa satisfação que recebemos a mensagem abaixo da artista Fátima Madruga. Nascida na ilha do Pico, Açores, em 1955, iniciou aos 17 anos dedicando-se a gravação em Marfim por 25 anos, e está como tal representada em várias coleções e museus por toda a Europa.

A transição para a pintura começou em 1991, à qual se dedica prioritariamente até hoje.

Expõe suas obras há mais de 30 anos, tendo passado pela Galeria do Casino do Estoril, Sociedade Nacional de Belas artes, FIA – Mestres Artesãos do Século, Pintores Açorianos no Continente, Expo Salão, Castelo Branco, Setúbal, Algarve, Açores e Galiza, todas em Portugal.

Em entrevista, ao site rtp.pt (clique aqui e assista), Fátima Madruga diz que chegou o momento de “cumprir outros sonhos” e experimentar outras áreas como a gravura, a escrita e a permacultura.

Conheça o trabalho de Fátima Madruga: fatimadruga.wix.com/pintura#!obras

Acompanhe abaixo sua mensagem para o nosso site:

Boa noite, gente boa.
Venho seguindo o vosso trabalho há 10 anos, tendo começado por ler A Libertação da Vontade e outros dos vossos livros, que adquiri num alfarrabista em Portugal.
É extraordinário o vosso projecto e sinto uma enorme vontade de vos ajudar desde há muito.

Como vivo da arte em Portugal, ainda não encontrei a estabilidade necessária para vos apoiar na prática, por exemplo, com dinheiro, ou tempo, mas cresce em mim, de dia para dia, o sonho de passar algum tempo convosco, ajudando a construir a Aldeia do Divino. Sou açoriana e identifico-me bastante com a Festa do Espírito Santo, que ainda se mantém como tradição nos Açores.

Neste altura vivo perto de Lisboa e disponibilizo-me para alguma coisa que precisem daqui, e que esteja ao meu alcance.

Muito obrigada por existirem.
Muito obrigada!

About The Author

Related posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*