a-tensao-emocional-e-as-doencas-da-gengiva

A tensão emocional e as doenças da gengiva

Compartilhe! Faça parte da campanha de conscientização:

Como Preservar seus Dentes Naturais

 

Os dentes e as gengivas também sofrem influência das nossas emoções negativas como raiva, medo e inveja. Através da técnica de conscientização keppeana podem-se resolver problemas gengivais, como no seguinte caso:

A senhora L.G. (68 anos) tinha dentes com certa mobilidade; suas gengivas se inflamavam e sangravam sempre que ela era convidada para uma reunião social. Com a psicoterapia trilógica, L.G. conscientizou-se que se isolava para manter uma ideia de perfeição sobre si mesma e passou a ser mais sociável. Aos poucos seus dentes firmaram e até hoje, com 82 anos, sua saúde bucal continua estabilizada.

Outro caso interessante é de M.A. que, aos 30 anos, apresentou descolamentos da gengiva (bolsas periodontais). Nesse caso, o especialista indicou cirurgia das gengivas. Descontente com isso, M.A. nos procurou para fazer tratamento e iniciou também a psicoterapia trilógica. Em poucos meses, houve reparação das bolsas periodontais, e sua saúde bucal permaneceu assim até hoje (aos 62 anos), necessitando apenas de raspagens anuais.

Como somos uma unidade indissolúvel entre o psíquico e o físico, adoecemos primeiro psiquicamente e depois fisicamente.

A conscientização de nossos problemas tem um grande poder energético de recuperar nossa saúde. Pela natureza, a estrutura essencial do ser humano é capaz de autorregenerar nosso organismo.

 

Márcia Sgrinhelli e Heloísa Coelho Dentistas,
professoras de Psicossomática da Faculdade Trilógica Keppe & Pacheco
www.odontotrilogica.odo.br

Jd. Paulistano
Av. Rebouças, 3887 (ao lado do Shopping Eldorado)
(11) 3814-2159

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*