Para Refletir:
  • "Existem as Forças Inconscientes, Mas Existe a Consciência que é Muito Mais Poderosa." Norberto Keppe

  • "Existem as Forças Inconscientes, Mas Existe a Consciência que é Muito Mais Poderosa." Norberto Keppe

  • "Existem as Forças Inconscientes, Mas Existe a Consciência que é Muito Mais Poderosa." Norberto Keppe

Aprender Línguas Fazendo Psicoterapia

Aprender Línguas Fazendo Psicoterapia

O revolucionário método Psicolinguístico de Norberto Keppe, aplicado no Trilogy Institute, beneficia o aluno em todos os campos e não só no aprendizado de idiomas.

Sofi e Bergqvist,
Prof. Sueca do Trilogy Institute

Recentemente um dos meus alunos contou um fato interessante. Ele foi convidado a ir a uma entrevista para preencher uma vaga de gerente de marketing numa empresa estrangeira. Ao chegar, viu que o entrevistador era o próprio diretor americano, que não falava português. Disse que de início entrou em pânico, mas logo se lembrou das aulas terapêuticas aqui no Trilogy Institute e se acalmou o sufi ciente para fazer a entrevista em inglês – e conseguiu a vaga.

Outro caso que ilustra nosso método terapêutico é o de uma senhora, nossa aluna, que no mês passado voltou chateada de uma viagem a Miami aonde fora visitar a fi lha. Contou que a fi lha ridicularizava seu “sotaque de brasileiro”. Mas seu genro, americano, elogiava bastante seu inglês, dizendo que estava progredindo notavelmente. Perguntei-lhe então por que dera tanta importância para as críticas da fi lha e não para a avaliação do genro, que era americano. “Será que a senhora mesma não se critica muito?” – perguntei. Ela reconheceu que sim.

Tolerância em ver os erros

Muitos alunos dizem que não arriscam falar inglês perto de amigos ou familiares, porque “vão prestar muita atenção aos erros”. Aqui no Trilogy Institute mostramos que essa crítica, que vemos nos outros, nós temos em relação aos erros alheios e, sobretudo, aos próprios. Este é um dos assuntos que tratamos em aula com o Método Psicolinguístico Terapêutico, criado pelo psicanalista e pedagogo Norberto Keppe. Aliás, conhecer o processo de identificação projetiva, quando vemos nosso problema no outro, é uma ferramenta fundamental na gestão de conflitos profissionais e pessoais.

Vontade Invertida

Outro assunto abordado é a nossa vontade invertida inconsciente, pois, sem perceber bem, nem sempre queremos o que é bom para nós. “Pela natureza temos todos os dons e qualidades que jamais poderíamos imaginar, e pela vontade invertida vamos paulatinamente solapando o que herdamos”, explica Keppe no livro Origem da Sanidade. O processo de aperfeiçoamento do idioma segue o mesmo caminho do progresso individual, pois é só em um ambiente de conscientização e tolerância que podemos progredir e superar nossos bloqueios, começando a usar as nossas capacidades inatas de aprender idiomas e se beneficiar em todos os níveis da vida.

“Existem dois comportamentos fundamentais: o primeiro denominado neurótico, quando a pessoa permanece aterrorizada em ver qualquer problema, chegando a se imobilizar quase completamente, e o dos indivíduos interessados pelo próprio desenvolvimento e progresso – que não se conformam em serem brecados pelos seus erros, procurando afoitamente entendê-los, para superá-los.”

(livro A Origem das Enfermidades, Norberto Keppe).

Essa é a essência de nosso método, que nossos professores, europeus, americanos e brasileiros com larga experiência no exterior praticam há mais de 20 anos no Brasil.

Sugestão de Leitura


 

 

Segundo o autor:

«a capa deste livro constitui uma homenagem ao grande psiquiatra francês Philippe Pinel que no ano de 1798 libertou os doentes mentais das prisões que os amarravam fisicamente à verdadeiras masmorras que eram os hospitais psiquiátricos.

Minha intenção com este livro também é a de libertar os doentes psicológicos de seus sofrimentos (ansiedades e angústias), o que constituiria uma realização máxima para a humanidade – vamos dizer, uma libertação dos grilhões internos que acorrentam o ser humano às suas enfermidades».

Quero ver o livro

 

 


 

Artigo publicado no Jornal STOP edição 91

Artigos do Jornal STOP 91:

Escolhe: Trabalho (Correto) ou Doença (Mental ou Física)

A Linguagem do Nosso Corpo – A Cura pela Consciência

Conserve Seus Dentes Naturais

Aprender Línguas Fazendo Psicoterapia

Post source : Trilogy Institute

Related posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*