espirito-patologia-livros-psicoterapai-exorcismo

FATRI difunde mundialmente estudos de N. Keppe sobre Espiritopatologia

Compartilhe! Faça parte da campanha de conscientização:

O Depto. de Teologia da Faculdade Trilógica Keppe e Pacheco – FATRI, dentro de seu projeto de divulgação dos estudos sobre Espiritopatologia, disponibilizou gratuitamente a médicos, psiquiatras, psicoterapeutas, líderes religiosos do Brasil e do Exterior, e outros interessados, as obras mais recentes de Norberto Keppe, Psicoterapia e Exorcismo e Socioterapia e Exorcismo.
As obras tratam da semelhança entre neurose/psicose e os casos chamados de possessão, demonstrando que o doente mental e o possesso devem ser tratados não unilateralmente, mas abrangendo sua parte psicofísica e a espiritualidade. Elas estão disponibilizadas nos sites:

O interessado deve se cadastrar e informar se gostaria de receber, gratuitamente, o livro em formato eletrônico, ou na modalidade impressa. Psicoterapia e Exorcismo está traduzido para o inglês, espanhol e italiano e sendo traduzido para o francês. Socioterapia e Exorcismo encontra-se em português e inglês.
Até o momento solicitaram e receberam as obras 521 interessados, a maioria religiosos, psicoterapeutas e médicos psiquiatras, sendo 224 das adesões provenientes do Brasil e o restante de inúmeros países do globo.
Veja o mapa:

O AUTOR E AS OBRAS

Psicanalista, cientista social, físico (pesquisador independente), autor de 42 livros, alguns publicados em 7 idiomas, além do português, Keppe trabalhou 17 anos nos EUA e Europa, onde desenvolveu importante parte de sua obra, no campo da Sociopatologia, da Metafísica e da Nova Física, sendo considerado pelo CNRS (Centro Nacional de Pesquisa Científica) da França como “sem dúvida, o mais original autor heterodoxo entre os contemporâneos”.

“Exorcistas e psicanalistas trabalham no mesmo plano.(…) fazer exorcismo é realizar psicoterapia, assim como fazer psicoterapia é também realizar exorcismo, porque são dois fatores semelhantes, nesta e na outra vida sobrenatural (…) pois toda doença é ligada aos fatores físicos, e no mesmo instante aos espirituais – é por esse motivo que o médico ateu, e o religioso fanático, têm tanta dificuldade em suas atividades”, afirmou o psicanalista.

“Se não for realizada a junção entre a psiquiatria e espiritualidade, não será possível entender o que se passa com os indivíduos doentes, porque todas as doenças têm patologia física e psicossomática, pois qualquer perturbação que apareça em algum campo, tem a influência do outro – as leis dos males físicos, carregam as dos psicológicos, e vice-versa. Posso dizer que Medicina e Espiritualidade separadas são inimigas, enquanto que unidas, amigas”.

Com o intuito de alcançar o máximo de conscientização sobre a psico-sócio-espírito-patologia, a FATRI disponibilizou também, nos idiomas: português, inglês, espanhol e italiano, o livro A Glorificação, e um Capítulo do livro Contemplação e Ação, (“Um Estudo Sobre o Demônio”), bastando que a pessoa se cadastre para recebê-los.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*